Conseguimos! Nosso menino não usa fralda para mais nada!

Totalmente desfraldado com 3 anos e 1 mês. No tempo dele! E por isso foi um processo muito tranquilo, mais do que eu imaginava.

Já contei aqui como fiz o desfralde diurno. Não teve segredo, esperei o tempo dele.

O noturno foi a mesma coisa. Esperei ele acordar muitos dias de fralda seca. Um dia esqueci de colocar a fralda. Lembrei já era bem tarde da noite. Pensei: não vou mecher nele, não vou colocar a fralda. Seja o que Deus quiser.
Ele acordou sequinho. Falei pra ele que ele tinha dormido sem fralda e que seria assim agora. Se ele quisesse fazer xixi de madrugada era só me chamar. Achei que não daria muito certo, mas deu.

Ele acorda e a primeira coisa que faz é ir fazer xixi. Muito fofo!

Se posso oferecer alguns conselhos para o desfralde é:
- Não se desespere ao ouvir os comentários dos outros. Espere o tempo e os sinais do seu filho(a).
- Converse e explique olhando no olho. Seu filho(a) entende tudo e explicar o processo facilita muito.

Beijos!

Estamos aqui a na luta do desfralde, gente. Pensei que fosse pior, mas está tudo indo bem. O que precisa é de muita paciência, só isso.

Pouco antes do Heitor completar três anos, aproveitei uns dias de calor e deixei ele sem fralda e sem cueca. Eu queria que ele observasse e sentisse o xixi sair pra ver se entenderia alguma coisa. Deixei separado um caderno para anotar os horários do xixi/coco e carregava o penico para todos os comodas da casa em que ele estivesse. Conversei com ele, olhando nos olhos, e expliquei tudo. 

Comecei a esperar e logo ele fez xixi. Ficou meio perdido, olhando. Corri e coloquei o penico. Ele ficou super curioso com aquilo. :D Logo notei que ele fazia xixi de duas em duas horas pontualmente. Aí já fiquei esperta. Coco ele não conseguia de jeito nenhuma fazer no penico ou vaso sanitário. 

Passado uns dias nesse processo, ele começou a ficar irritado. Segurando xixi e coco. Decidi parar, mas nunca deixamos de chamar para fazer xixi ou coco no vaso/penico. 

Passou o aniversário de três anos, conversei com ele novamente. Disse que somente para escola e dormir ele usaria fralda, por enquanto (a escola pediu para não enviar sem fralda, só depois que ele estivesse bem seguro). 

Dessa vez fluiu muito bem! Porém, o coco ele sempre fazia na calça. :( Não sabia mais o que fazer. Até que minha amiga falou dos adesivos de reforço. Super funcionou. A cada quatro estrelas ganhava um presente. Só precisei usar por oito dias, nisso ele ganhou massinha de modelar e um passeio. Como ele estava com vontade, mas mesmo assim relutava pra fazer coco, eu deixava vários brinquedos para ele enquanto estava no penico. Assim ele brincava e logo se sentia confortável pra fazer. Hoje ele já pede pra fazer e já está  natural pra ele. Agora, de hora em hora chamo para fazer xixi e sempre vou frisando para ele pedir quando ele quiser. O coco ele sempre faz depois do lanche da tarde. Então, depois do lanche eu já chamo e ele faz. Maaass... Ainda temos escapes. Normal. Ele ainda está aprendendo. Desfralde é um processo, né? Pode ser demorado. 

Mas de qualquer forma, estou feliz, pq achei que seria bem mais complicado. Até que não. 

E por aí? Como foi? Como está?

Beijos
Oie! Alguém ainda visita esse blog? Tem alguém por aí?

Tá difícil vir aqui, viu? A correria é grande, tanta coisa e pouco estou dando conta. Consigo aparecer mais pelo Instagram.

E como está o meu menino? Com três anos e um mês, lindo, esperto falante que só ele. Encerramos as terapias e ele continua só com a Fono. Com essa vou continuar até o máximo que conseguir. É a terapia em que ele mais se diverte.

Come de tudo, só não bebe suco em casa, na escola ele bebe. Vai entender. Inclusive, só elogios pra ele. As Profs falam que ele está se desenvolvendo muito bem e que finalmente elas conseguem escutar sua voz (pq agora ele fala!).

Dorme a noite inteira. As vezes acorda para beber água e em seguida dorme.

Tem personalidade muito doce. As vezes dá uns ataque, mas é devido a essa fase dos dois, três anos. No geral é muito educado e carinhoso. Não posso reclamar de nada, graças a Deus.

É engraçado o nosso desespero com um bebê em casa, né? Parece que aquelas noites acordada nunca mais irão acabar, que ele nunca irá comer, que ele nunca irá falar, que nunca mais sua vida vai voltar ao normal. A verdade mais absoluta é que tudo passa. Passa mesmo. E a vida vai voltando ao normal. A sua liberdade vai voltando aos poucos. E hoje tenho impressão de que tudo aquilo passou muito rápido e eu estava tão preocupada e injuriada, que nem parece que aproveitei meu bebê. De toda aquela fase... Sabe o que fica? A saudade do bebezinho. Essa não passa.

Por aqui é isso!

Beijos

Quanto tempo!!!
Sumi mesmo, né?

Mas não tenho grandes novidades. Apenas uma bem legal: Meu menino completou três anos!!!

Não tivemos grandes diferenças nos últimos meses. Lógico que ele desenvolveu demais. Está um tagarela, um verdadeiro papagaio! Ou um "Gagapaio" como ele diz! haha

O desmame foi totalmente concluído e agora estamos no desfralde. Espero logo mais trazer o relato.

Curiosamente depois do desmame ele está comendo muito! Muito mesmo, um prato de adulto! E come de tudo, exceto suco de frutas, refrigerantes ou balas. Ele não gosta. Estamos controlando, pq se deixar, ele come mais do que deveria. Aí já viu, né?

Continua na escola, que está sendo muito bom pra ele.

Enfim, estamos em uma fase muito gostosa. Devemos acreditar que quando falam que tudo passa... Tudo passa mesmo. Tudo melhora.

Sobre o segundinho(a), adiamos...:(
Sim, tomei essa decisão pq preciso urgentemente resolver algumas questões e não posso adiar. Quero outro filho, muito mesmo, mas não posso viver com certas frustrações pessoais. Preciso estar bem para receber esse novo neném e cuidar ainda melhor do Heitor. Espero um dia fazer um post sobre isso. E espero que seja muito em breve.

Por aqui é isso!

Beijos



Há algum tempo já estava me sentindo irritada em amamentar. Isso mesmo: Irritada.

Se tornou algo muito incomodo. Mas deixei ir. O Heitor foi diminuindo a quantidade de mamadas durante o dia, não pedia peito fora de casa, se distraia com outras coisas facilmente. Então decidi diminuir ainda mais a quantidade de mamada. Fui gradualmente, até que semana passada (dia 07/08/2018), no auge da minha irritação, decidi que tinha acabado. Claro que tomei essa decisão pq sabia que meu filho estava pronto, ao minimo de sinal de que iria prejudicá-lo eu não teria seguido com o desmame.

Conversei com ele, olhando em seus olhos e expliquei tudo. Ele quis chorar, acho que entendeu. Mas já fui distraí-lo e não teve mais choro. Toda vez que ele pedia eu explicava novamente e ele logo mudava de foco. Não teve choro, não teve escândalo, não teve desespero. Aí tive mais certeza ainda que estava fazendo certo no tempo certo.

Não posso dizer que utilizei algum método. Simplesmente esperei o tempo certo.

Terça completamos uma semana sem amamentar. Apesar da minha irritação e a vontade de desmamar mesmo, eu não posso pensar muito a fundo no assunto. Tenho vontade de chorar, afinal, meu filho nunca mais vai mamar. Todos esses momentos que tivemos juntos acabaram e não terão outros. Estarão guardados apenas na memória e no coração. O olhar dele dentro dos meus olhos, o sorriso com peito na boca, o jeitinho  dele que era só meu naquele momento, o momento só nosso. Isso é realmente difícil de perder. Mas era preciso pq já não era algo mais tão prazeroso pra mim e pra ele parecia que já não tinha mais tanta graça. Parece até que ele ficou mais "crescido" depois disso. 

Só deixo bem claro que o peito da mamãe estará sempre disponível pra ele, mas agora de outra forma. O meu colo sempre será dele e quando ele quiser estarei sempre aqui.

Período de Amamentação do Heitor
19/09/2015♥07/08/2018
2a10m19d