Medo

Voltei! Mas esse post será curtinho.

Hoje venho contar sobre o medo de criar o blog. Sim, o medo! Medo de me acharem a maluca, sem noção. Fiquei pensando em milhares de coisas, tais como... "Ai, e se não gostarem do vou escrever?", "Ai, ninguém vai ler esse blog", "Não escrevo bem, acho melhor não criar esse blog". E o marido sendo o bom ouvinte e me incentivando a criar sim.

Quando fiz o primeiro post, senti um frio na barriga. Quando fiz o primeiro comentário falando sobre o blog senti mais frio na barriga ainda e quase desabilitei o blog! rs Respirei fundo e decidi deixar as coisas acontecerem. Recebi o primeiro comentário e fiquei feliz e boba! hehe Agora estou um pouco mais segura e acreditem ou não, com esses poucos dias de blog, já me sinto melhor em relação a ansiedade para ser mãe. Está me ajudando muito! Estava quase pirando, pois fico confusa e triste. Quero ser mãe, porém, neste momento da minha vida seria até inconsequente começar as tentativas (logo conto mais). Ao mesmo tempo, quero largar tudo e entrar de cabeça neste projeto.

Todo dia penso: Respire e viva um dia de cada vez. Curta seu marido, faça acontecer os seu projetos e tenha foco no presente. O tempo passa rápido, logo chega 2016.

Então... Até você chegar, só vou sonhar.

Beijos e volto logo! S2

14 comentários:

  1. Não tenha medo, flor.
    Todas nós precisamos de um lugar pra desabafar, pra falar ou escrever o que quiser.
    Esse é o seu lugar.
    Deus abençoe imensamente sua vida!
    Um beijo.

    http://antesdopositivo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Nathy! Vou pensar assim. Esse é o meu lugar! rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Eu também tive medo, mas tive medo porque sou doida demais, mas era meu diário e quem se interessar leia, quem não eu respeito também, lá no meu sabe-se tudo de mim, menos quais são meus traços e isto me da uma segurança kkkkkk... Bem vinda aqui vai dar tudo certo, beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ni!
      Obrigada pela visita!
      kkkk... Eu tb me acho doida demais, em relação a este assunto. Até o meu marido fala! kkk Mas o blog está me ajudando, estou mais contida! rsrs
      Beijos

      Excluir
  4. Não precisa ter medo...ter um blog é uma delicia, vc faz novas amizades, desabafa, dá dicas...bjks e fica na paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! Estou mais tranquila agora. Seja o que Deus quiser! haha
      Beijos

      Excluir
  5. Oieee...
    vou te contar uma coisa, também tive medo...hahahaha
    Também não sei se gostam das coisas que escrevo, mas penso que o Blog é um diário que vai servir de recordação, imagina que delícia lê-lo daqui uns anos junto com seu filho? vai ser demais!!

    Bjão

    Carol

    http://derepentequerosermae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Carolina, então esse medo deve ser normal! rsrs
    Sim, vai ser demais e provavelmente ele(a) vai achar a mamãe maluquinha! hahaha
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Thata!!!
    Medo super normal!
    Criei meu primeiro blog quando fui casa há uns 4 anos, agora que estou tentando ser mãe criei outro e adoro, não pros outros lerem, mas pra colocar pra fora tudo q está aqui dentro de mim...
    Vc vai amar, além de sempre conhcer gente legal!!!
    Beijossss

    www.maisque6.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda!
      Obrigada pela sua visita!
      Eu criei o blog pra isso mesmo, colocar pra fora o que não posso compartilhar com as pessoas. Todos iriam me achar a louca do sobrado! kkk Já basta o marido que ouvir minhas loucuras! kkk
      Beijos e já estou acompanhando suas postagens!

      Excluir
  8. Thata, acho incrível esse mundo de blogs. A gente encontra pessoas que passam pelas mesmas situações, dilemas, dúvidas e anseios - e com certeza isso ajuda a gente a lidar com a ansiedade e outros sentimentos tão avassaladores. Te desejo uma linda vivência como desejante, e mais para a frente como tentante, gestante e mãe. Saiba que nesse mundo de blogueiras você sempre terá amigas - espero ser uma das que vai te ler, conversar contigo e trocar muitas figurinhas.
    Um beijo!
    Nina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nina!
      Obrigada pela visita!
      Você defininiu muito bem. Eu me assustei com o tanto de mulheres que encontrei que sentem as mesmas coisas e vivem os mesmos dilemas que eu! Isso fez uma diferença enorme, estou muito mais tranquila. Me ajudou muito de alguma forma.
      Vamos trocar muito figurinhas com certeza!
      Já falei que amo o nome do seu blog? Eu amo!!! rsrs Me refiro ao meu filho(a) como "Pacotinho"! rsrsrs
      Beijos

      Excluir
  9. Oi Thata, vim agradecer o carinho no meu blog, e dizer que vou seguir essa sua jornada.
    Saiba que esse medo é norma,l, além de todos esses dilemas, tem o fato de se expor, de abrir espaços para as pessoas darem opnioes em sua vida, mas acredite, o saldo é positivo, muita experiencia, muitas amizades, acabamos nos sentindo da familia das pessoas, nos sentimos acolhidas, é muito bom dividir as situações com pessoas que passam pelo mesmo.
    Seja Bem Vinda!
    Bjus***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thalita!
      Obrigada pela sua visita!
      Estou gostando muito da experência e olha que só estou começando. Espero viver muito mais experiências aqui e fazer muitas amizades.
      Beijos!

      Excluir