Oi amores! Hoje vou tentar falar algumas coisas que não consegui durante a gestação e começar o relato de parto.

- A gestação estava tranquila, até que sofri um decepção muito grande com uma pessoa que amo muito e aí, comecei a me abater. Na semana seguinte o marido precisou tirar a visícula. A gravidinha ficou chocada e sofreu muito. Foi horrível. Na semana seguinte (rsrsrs), descobri que estava com Diabetes Gestacional. Entrei em uma baita dieta e com 40 semanas de gestação havia engordado apenas 8400kg.

- Todas as roupas do Heitor foram lavadas e passadas com 32 semanas de gestação.

- Não fiz chá. Optei por não fazer.

- Sai de licença maternidade com 37 semanas. Foi ótimo! Descansei bastante, assisti filmes, fiquei de pernas para o ar, aproveitei o maridão, finalizei os alguns detalhes e com 40 semanas de gestação o Heitor chegou.

Desde quando sai de licença todos os dias recebia whatsapp dos amigos perguntando "Kd o Heitor?". E eu respondia sem graça dizendo que ele ainda não estava preparado. E assim foram passando os dias. No dia em que fiz 40 semanas (era uma quinta-feira), fui ao banheiro e vi que o tampão estava saindo. Avisei a minha mãe, que já estava na minha casa. Ela ficou toda feliz e já queria até ir para o hospital. Acalmei ela e falei que ainda não. Ela já estava super nervosa pq achava que eu estava esperando demais e eu calmamente falando que é normal a gestação ir até as 40 semanas, ou até mais, mas eu já tinha decidido que de 40 semanas não passava... Medo mesmo, sabe? A minha DPP era para o dia 17/09 (40 semanas) e já tinha uma sala reservada em meu nome para dia 19/09 no hospital. A médica reservou, pois contei que era o aniversário do marido...30 aninhos! rs Ficamos empolgados com a possibilidade dele nascer no mesmo dia que o pai exatamente 30 anos depois.

Bom, tampão saindo e contrações ainda sem dores. Na sexta, começaram as contrações com dores bem fracas. Comecei a cronometrar e ela entraram num ritmo muito rápido. Duração de 1 min, intervalo de 5 min. Liguei para a médica e ela falou pra ir no hosp para avaliação. Liguei para o marido, avisei pra minha mãe, pedi para o meu sogro preparar o carro (ele quase pirou! kkk) tomei banho, almocei, conferi as malas e documentos, seguimos para o hospital. Estava um transito horrível na marginal pinheiros, meus sogros e minha mãe estavam em pânico e eu super tranquila acalmando todos! rsrs O marido seguiu direto para o hosp. Enfim, chegamos, dei entrada e logo fomos chamados. Fui colocada no cardiotoco e não veio nenhuma contração...A médica fez o toque e foi constatado 2cm de dilatação. Ela ligou para minha médica, explicou a situação e passou o tel. Minha médica me deu duas opções: Vou para casa e volto no dia seguinte conforme já estava reservado ou ficava no hospital para tentar induzir o parto. E aí começa a parte do arrependimento, queria ter outra oportunidade para fazer tudo de novo. Perguntei quanto tempo demorava caso eu induzisse. Ela disse que normalmente era 1cm por hora, eu já estava com 2cm, então a noite o Heitor já estaria conosco. Escolhi ficar e induzir. Ansiedade, não pensei direito. Acabei agindo por impulso. Me internaram, subi para o pré parto e o marido foi trocar de roupa. Também troquei de roupa, a enfermeira veio colocar o "sorinho" e fui orientada a caminhar. O marido chegou e logo fomos caminhar pelo corredor. No São Luiz Itaim existem duas salas top de linha para parto no normal. As duas estavam ocupadas neste dia, quando passávamos por elas escutávamos os gritos e eu não sei pq, eu achava super engraçado e caia na gargalhada. Mal sabia que em pouco tempo eu estaria com aquela dor também.

Continua...

Tentanto tirar o atraso, então, bora falar do quarto! O quartinho, é claro, já está prontinho. O quarto é cinza com os móveis brancos e detalhes em azul turquesa. Também comprei a cortina branca e um pouco transparente. A poltrona de amamentação minha mãe me deu assim que casei. Achei estranho, mas já que ela quis dar, eu aceitei! rsrs
Essa é a minha inspiração! ;)

Comprei um guarda roupa não muito infantil para que ele possa usar por muito tempo. Essa foi a minha escolha, o modelo que mais gostei.

O berço é um pouco diferente. Ele tem uma cama auxiliar embaixo que será muito bem utilizada. Minha mãe mora no interior e sempre vem por aqui, com essa cama ela também terá onde dormir. :) Esse berço se transforma em uma cama de solteiro e a comoda em um criado mudo! rs Um barato! Assim, quando o Heitor crescer já terá a caminha dele.

Não sei o motivo, mas não consigo postar a foto do quarto. Quarto este que ele não usa. Era para usar a partir dos três meses, já que comprei um bercinho de acoplar na minha cama. Só que ele nem nesse bercinho quer dormir e aí veio o primeiro cuspe na testa: Cama compartilhada... Eu faço. Eu espalhava pelos quatros cantos da terra que não faria isso, mas a maternidade tem lá suas peças e pregou uma em mim. Ele não dormia nem no berço dele. Acordava a cada 15 ou 20 minutos. E minha mãe falando: "Ele quer sentir vc, precisa de vc. Deixa ele dormir com vc!" E vencida pelo cansaço, acabei deixando. Hoje o Heitor só dorme agarradinho na mamãe, caso contrário, nem eu e nem ele dormimos. Mas aí vai um segredinho: É maravilhoso dormir com meu amor! rsrs Mesmo acordando toda dolorida... kkk

Volto assim que conseguir. Também quero voltar a comentar nos blogs, vou dar um jeito nisso, prometo.

Beijos

Gente, quanto tempo!

Vou tentar dar o máximo de notícias antes que alguém acorde, ok? rsrs

Primeiramente... O Heitor nasceu! Nasceu com 40 semanas, dia 18/09, as 21:12, com 3425kg, 51cm, apgar 9/10, parto cesárea. Lindo, forte e saudável, graças a Deus! Assim que eu conseguir venho aqui com o relato de parto.

Fiquei de falar do quarto dele, né? Mas aí a gestação foi avançando, o cansaço e as dores também, no fim, parei de escrever aqui. A maternidade me pegou de jeito e outra coisa é que o Heitor é um bebê, digamos assim... Difícil! rsrs Altas madrugadas acordada, muitas gases/cólicas, muito peito, poucas sonecas de dia e muito colo. Como ele gosta de um colo. A situação melhorou agora, com dois meses e meio. Estamos esperando o tão maravilhoso "3 meses"!

Acordou. Volto assim que possível.

Beijos