Heitor - O meu bebê "High Need"

Esse post é pra falar um pouco mais sobre o Heitor, já que nunca o descrevi. Primeiramente, já ouviram falar nesse termo? Vejam só as 12 características.

1 – intenso: você sempre sabe o que ele quer e o que ele não quer pois, ele irá gritar, chorar e demonstrar com muita intensidade as vontades e desejos.

2 – hiperativo: o bebê está sempre se mexendo ou mexendo em alguma coisa, pode resistir a ser embalado para dormir ou mesmo, enrolado em uma manta, ele não gosta de ficar quieto.

3 – ele te esgota: o bebê high need esgota todas as suas energias, ele demanda tanto de você que você se sente sugada, sem tempo para nada, em constante estado de alerta.

4 – ele mama (ou come) o tempo todo: o bebê quer mamar a toda hora, ou se alimentar, ou ter alguma coisa na boca.

5 – alta demanda: você está constantemente atendendo os seus desejos, se não o fizer, ele gritará sempre em alto e bom som.

6 – acorda o tempo todo: ele tem dificuldade para adormecer e quando adormece, acorda de hora em hora, não consegue passar por pelo menos 3 horas de sono seguidas.

7 – ele é insatisfeito: não importa o quanto você faça, o bebê high need está sempre insatisfeito, sempre chorando e você sente sempre culpada.

8 – imprevisível: ele não consegue criar hábitos. Em um dia você consegue fazê-lo dormir cantando uma canção e embalando no colo e no outro, isso já não funciona.

9 – Super sensível: este bebê tem uma super sensibilidade ao ambiente e as pessoas que o cercam, pode começar a chorar se estiver em ambiente com muito barulho, se as pessoas estiverem discutindo entre si, ou gargalhando alto.

10 – Não dá para colocar o bebê no berço: ele precisa estar o tempo todo no colo e em movimento.

11- ele não consegue dormir sozinho: este bebê dificilmente conseguirá cair no sono em seu berço com facilidade, ele precisa de ajuda, precisa ser embalado e acarinhado.

12 – sensível a separação: ele vai sofrer mesmo se você se separar dele, vai chorar alto e mais alto até que elejam um cuidador que possa substituir a mãe.

Fonte: http://www.bagagemdemae.com.br/sera-que-eu-tenho-um-bebe-high-need/

Eu tenho um bebê desses, minha gente. Posso dizer que as coisas melhoraram depois dos 2 meses e meio, agora com quase 8 meses melhorou mais ainda. Como falei no post anterior, no primeiro mês o Heitor era um bebê bem tranquilo. O problema era o sono noturno, somente. Depois que completou um mês ele mudou muito. Era super reclamão, nada o satisfazia. Queria muito peito, uma trabalheira para dormir e quando conseguia dormia apenas 15 minutos no colo ou bebê conforto. Se entediava muito rápido e fácil. Tinha que ter muitas atividades com ele. A noite ele só pegava no sono as duas da manhã. Tivemos dois episódios em que ele só pegou no sono as cinco da manhã (isso com dois meses). Olha, não sei como consegui ficar acordada. Depois ele passou a dormir meia noite, depois as onze e agora as dez horas da noite já está capotado. A alimentação foi LM em LD até os seis meses. Começamos a IA e até hoje ele não aceita a papa salgada com facilidade. Temos que ser criativos na hora do almoço e jantar. Por outro lado, adora Caqui, Abacate, Banana e Manga. Gosta muito de suco e água também. Continuamos com LM em LD nos intervalos. A parte da amamentação continua possível devido ao meu pedido de demissão do trabalho. Eu não retornei, mas isso é assunto para outro post.

O Heitor com sete meses completos estava com 72cm e 9kg. A próxima consulta com o pediatra é dia 17/05, aí vou ter o peso e tamanho atualizado. Fisicamente é a cara do pai. Tem alguns detalhes meus como a "covinha" nas bochechas, o formatos dos olhos, o joelho (kkk), a sobrancelha e deixa eu ver... Só! kkk Ele é a cópia do pai dele, simplesmente. E segundo minha sogra, o pai dele também era um High Need e depois de um ano virou um anjo. Seguimos com essa esperança...kkk

Hoje ele se tornou um bebê bem brincalhão, carinhoso e risonho. Adora passear de carrinho e brincadeiras que tenham muita bagunça. Demanda muita atenção ainda, mas não como no começo. Estranha algumas pessoas, dá tchau, chama com a mãozinha, senta sozinho, se apoia em alguns móveis para ficar em pé (mas não sozinho, ainda fico por perto), vira de bruços e fica bravo por não conseguir desvirar (aliás, ele odeia ficar de bruços). Não engatinha ainda, tem bastante preguiça pelo que já notei. Diz "tata", "mama", "papa", "titi"... Uma graça! rs Dá altos gritos! Já tem os dois dentinhos inferiores que saíram com 6 meses. Não deu nada de trabalho, quando notei os dentinhos já tinham rasgado a gengiva. Acredito que os dois superiores estão para rasgar, pois ele está babando muito e está mais irritado que o normal. A gengiva está bem grossa também. Vamos esperar. Adora televisão, os desenhos preferidos são Bita, Galinha Pintadinha e Três Palavrinhas. Eu aproveito esses momentos para arrumar a casa e fazer comida. Também já pegou duas gripes devido a mudança de tempo. O sono noturno é péssimo. Acorda a cada duas horas, as vezes a cada uma hora. Mama e dorme, as vezes não quer mamar e tenho que andar com ele pelo quarto em plena madrugada. As sonecas de dia duram em torno de 40 minutos. As vezes menos. Desabafando... Estou exausta. Estou até vendo uma consultora do sono infantil, mas não tem nada fechado. Conto qual será minha decisão logo mais.

Esse é o Heitor. Queria postar uma foto dele, mas infelizmente não dá. Quero esse cantinho só pra mim e pra vocês... rsrs

Beijos!

4 comentários:

  1. Interessante o que a maternidade nos reserva né, logo a fase passa e a gente nem vai se recordar do tamanho cansaço rsrrs... Beijos em vocês!

    ResponderExcluir
  2. Interessante, inesperado, engraçado... Tudo! rsrs
    Mas é isso mesmo. Já sei que tudo passa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Que bom conhecer um pouco mais desse bebê!! Cada fase uma fase que deve ser muito bem aproveitada!! Curta bastante seu fihote! Bjos

    ResponderExcluir