#14meses de Heitor

E como sempre, o tempo passando em um piscar de olhos. Para tudo!

Meu bbzão está cada dia mais esperto. Sobre andar, está um pouco mais corajoso, mas nada de sair andando. Passa de um móvel para outro, anda segurando nas paredes, fica em pé por um longo tempo sem apoio e só. Estou muito tranquila em relação a isso, exceto, as outras pessoas. Até de "molenga" já chamaram o Heitor. Eu cortei mesmo! Povinho sem noção.

Aprendeu uma forma nova de se locomover: Arrastando o bumbum no chão! hahaha Super engraçado, vai pra todo canto. Começou a falar vovó e continua balbuciando bastante. Também rasgaram os dois caninos, o superior e inferior esquerdo. O sorriso tá cada vez mais completo. Eu morro por esse sorriso! rsrs

A alimentação está na mesma. Muito peito, muita água, suco, bocadinho de fruta, quase nada de comida salgada. Eu continuo bem triste com isso, mas estou melhor. Afinal, ele continua crescendo e ganhando o peso. Aí me pergunto: Até quando?

O sono... Poxa, nem acredito que cheguei nessa fase. O Heitor está acordando no máximo duas vezes durante a noite. Nos piores dias. Isso melhorou muito! Não posso mais reclamar das minhas noites e nem dos meus dias, pois as sonecas estão super controladas. Aliás, ele está em transição de duas sonecas para uma soneca diurna. Esse papo de rotina é super verdadeiro. Bebês precisam de uma rotina, o mais rígida possível (nem sempre é possível). A partir disso quase tudo melhora.

Essa fase se é muito boa. Eu fico boba de saber que ele realmente entende tudo. Já tem suas vontades e não aceita escutar NÃO. Chora, esperneia... Mas sou firme. Não é não e acabou. É difícil, mas seguimos firmes.

Agora, a sessão desabafo...

Esses dias tenho andando bem nervosa, chateada, triste e muito estressada. Estressada a ponto das mãos ficarem tremulas e derrubar as coisas o tempo todo. Ando muito frustrada com algumas situações e isso anda me fazendo muito mal. É impressionante como depois que vc vira mãe as pessoas te julgam. Cada decisão sua é levada ao tribunal dos intrometidos. Tudo, absolutamente tudo é culpa sua. Escutei da minha mãe que a culpa do Heitor não comer é minha. Escutei de uma amiga (que é mãe e deveria ter mais empatia) que a culpa é minha, pois ela começou a dar comida a filha dela com 3 meses batida e peneirada (oi?). Graças a Deus eu estava bem e não quis discutir. Mas o marido não disfarçou a cara. Depois ela meio que disfarçou, mas já era.

Ando me analisando muito e percebi que mudei muito depois que o Heitor nasceu. Fico me perguntando se nasci mesmo para ser mãe. Larguei tudo para exercer somente isso e não estou conseguindo fazer da forma correta. Será mesmo que tomei a decisão certa? Será que eu deveria ter retornado ao trabalho e tudo estaria indo bem?  Nunca vou saber. O que sei mesmo é que não é fácil viver somente (praticamente) em função de uma pessoinha que requer tantos cuidados. Acho que preciso de um tempo só pra mim. De preferência só pra mim com o marido...haha

O cansaço não é só físico. É emocional também. Mas isso não importa, né? Mãe não tem esse direito. É tudo frescura.

O que resta é seguir, exausta e mesmo que pareça que não existe força.


Risca a cerveja, pois não bebo! hahaha



4 comentários:

  1. Thata coloque uma coisa na sua cabeça, você é a melhor pro Heitor que ele podia ter, não é sua amiga, não é sua mãe e não é a vizinha, é você! Da mesma forma que o sono melhorou, a alimentação vai melhorar também, cada coisa no seu tempo! Bjos

    ResponderExcluir
  2. Ah minha querida, que dificil, mas ser mãe é justamente isso... Ter o mundo de julgando e ao mesmo tempo não oferecendo suporte.
    Bebês e crianças passam por fases e cada uma deles tem sua bonança e dificuldade. Meu filho por exemplo não comeu comida amassada até 1 ano e 15 dias, TINHA que ser TUDO batido no liquidificador... Todo mundo me criticava, mas eu ia fazer o que se assim era a unica forma dele comer? Quando fez 1 ano e 15/20 dias, do nada passou a aceitar arroz e feijão levemente amassado com o garfo! Levei um susto, mas sei que foi no tempo dele. Se o Heitor é saudavel, ganha peso, é ativo, mama LM, deixe ele ser feliz... Uma coisa te digo, isso não será para sempre, uma hora ele vai sentir a necessidade de comer mais, mesmo porque o corpo precisa e manda esses sinais. Nosso erro é forçar a criança e achar que todas são iguais.
    Quanto a ter um tempo, agora que eu consigo sair para jantar com meu esposo, me ausentar no maximo 3h e poder curtir sem o Miguel. Porém meu filho tem 1 ano e 9 meses e eu só consegui fazer isso 4x até hoje. Porém me sinto renovada quando isso acontece e consigo encarar uns meses na loucura de novo. Outra coisa que tem me ajudado é me ausentar 1h por sábado para treinar com o marido. Essas coisas pequenas fazem uma enorme diferença.
    Mas calma, eles crescem e tudo melhora... O sono melhora, a alimentação, as birras. Força e estamos aqui sempre que precisar <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra entender só passando, né?
      As pessoas não perdem tempo para criticar. Mas ajudar a encontrar uma solução ninguém quer.
      Se Deus quiser ainda vou postar as melhoras do Heitor aqui! :)
      Beijos

      Excluir