Oi? Como assim? Meu filho está quase com dois anos? É isso mesmo? Como isso aconteceu?

É assim que as vezes penso. O tempo passou e mesmo estando 24h por dia ele, parece que perdi tanta coisa, sei lá. Graças a Deus eu tenho tudo relatado aqui no blog pra nunca esquecer. E mesmo assim existem coisas que não postei aqui e morro de medo de esquecer. Um dia farei um post só sobre essas coisinhas. :)

A novidade desse mês é algumas palavrinhas que ele andou soltando. Nada demais, tudo bem erradinho, mas falou.

Por enquanto temos:

Papai
Mamãe
Peppa
Opa
Oopy (Snoopy)
Per ii (Pera aí)
Aahh (Água)
Pipi (Passarinho ou Pintinho)
Pópó (Galinha)
Ipa (Pipa)

- Adora dançar, faz algumas coreografias e tudo mais. As musicas preferidas do momento são Sambalelê (Galinha Pintadinha), Caranguejo peixe é (Palavra Cantada) e Hoje é domingo (Palavra Cantada).

- Se alimenta muito bem, graças a Deus. Come de tudo que ofereço. Demora pra provar, mas insisto e depois come saboreando...rsrs Tem aceitado pedacinhos, mas tudo bem molhadinho com caldo de feijão. Ele odeia comida seca, coloca pra fora na hora.

- O soninho está na mesma. Acorda pra mamar e dorme de novo. Estamos ainda na cama compartilhada e estou criando coragem para fazer o desmame noturno. Preciso de forças pra isso, sei que vai ter muito choro.

- Birras chegaram com tudo. Agora mais que nunca. Se joga no chão, tenta morder, tenta arranhar, bate a cabeça na parede ou no chão. Eu e o marido somos firmes, mas ao mesmo tempo carinhosos e tentamos explicar o motivo de não permitir tal coisa e já desviamos a atenção dele para outra atividade. Tem dado certo, só não sei até quando.

- Fisicamente está um verdadeiro menininho. Cresceu bastante cabelo. To loka pra cortar. :D

Sem muitas novidades, né? Mas não poderia deixar de registrar as que tenho.

E esse mês mais tenho pensando muito sobre o retorno ao mercado de trabalho. Gente, não tenho forças. Não tenho coragem, mas eu quero muito. Eu realmente não sei o que fazer. Mamães que já passaram por isso, me ajudem.

Beijos


Engraçado que quando acabou a festa de uma aninho do Heitor eu já estava pensando no tema da próxima festa. A experiência foi muito boa, agora quero fazer sempre... Hahaha

E já está quase tudo pronto pra festa de 2 anos.

- Já fechamos o aluguel da mesa principal e das cadeiras e mesas para os convidados. 
- Comprei a roupa do Heitor, que será a roupinha do Charlie Brown.
- Bolo fake já aluguei.
- Lembrancinhas já compradas.
- Bolo e os docinhos serão feitos por mim e pela minha mãe.
- Serviremos salgados fritos e assados, mini pizza, mini hot dog, suco e refri.
- A festa será de duas horas e meia ou três horas no máximo, pois será na minha casa e não vai ter muita coisa pra distrair as outras crianças. Então, não dá pra demorar muito, né?
- Esse ano também faremos um ensaio fotográfico. O do ano passado foi um fiasco, pois o Heitor chorou muito. Felizmente algumas fotos ficaram demais. Vamos ver esse ano.

Comprei uma pelúcia do Snoopy para o Heitor e como ele ama o desenho, ficou super empolgado quando mostrei pra ele. Ele abraçava, beijava a pelúcia, e abraçava de novo. Um amor! Fiquei feliz, pq no niver ele não vai soltar e vai render umas boas fotos... Rsrs

Por enquanto é isso. Não vejo a hora! Faltam só três meses! rsrs
Eu acho que eu não sabia era de nada. Quando engravidei nem cheguei a me preparar para o pós nascimento. Não fiz curso, não assisti videos de banhos em RN, nem de como trocar a fralda... Não fiz nada. Apenas li uma coisinha ou outra. E vou falar que não me arrependo. É impressionante como vc aprende e aprende rápido. Se um dia nascer outro, sei que, em relação aos cuidados, estarei bem preparada.

Mas agora... Existem coisas que eu nem imaginava. E que foi uma grande surpresa pra mim e graças a Deus que minha mãe estava aqui para me orientar (e acalmar). Não sei se com vcs foi a mesma coisa. Vou listar algumas que aconteceram por aqui.

- Reflexo de Moro: "O reflexo de Moro é um reflexo normal em todo bebê recém-nascido, que se caracteriza por abdução e extensão brusca de membros superiores, geralmente associado a movimento semelhante de membros inferiores e choro forte." Fonte
Vocês sabiam/sabem que isso existe? Eu fiquei super assustada quando vi pela primeira vez. O Heitor estava deitado e do nada estendeu os braços, como se tivesse tomado um susto. E isso só acontecia durante as sonecas. Logo aprendi: Três reflexos seguidos e ele acordava. Corri e fui pesquisar. Depois falei com a pediatra e ela disse que é normal. O bebê saudável precisa ter isso. Seria preocupante se isso não estivesse acontecendo. O que pode ajudar é fazer o charutinho. Mas o Heitor odiava. :/

- O Estrabismo: Sim! As vezes eles ficam vesgos. Normalmente é em um olho só e dura um milésimo de segundo. Quando aconteceu, eu gritei pra minha mãe: Mãe, o Heitor ta vesgo! 
Na mesma hora minha mãe riu e disse que é assim mesmo... hahaha

- Muita necessidade de colo: Vcs já ouviram falar na exterogestação, né? Ela é real gente! Se o seu baby ainda não nasceu... Prepare-se para oferecer muito colo. A necessidade de estar grudadinho é impressionante. Eu jamais imaginei que fosse dessa forma, afinal, sempre que visitava um RN estava no carrinho, no berço, na cama... Sei lá. Pensei que eu não iria precisar ficar com ele no colo tanto assim. Mas precisei! Era muito peito, muito colo e mais colo. As vezes eu embalava ele por uma hora e quando colocava no berço ele acordava. Depois aprendi: Dormiu? Continua no colo. Sentava no sofá e começava a assistir os meus filmes. O Sling ajuda muito gente, mas o Heitor também não gostava de Sling. Era um choro só! 

E vcs? Me contem.

Beijos